Circulo da Pedra Azul

Circulo da Pedra Azul
A FORMA INFORMA

Circulo da Pedra Azul

Circulo da Pedra Azul

Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, SP, Brazil
É da minha natureza estar na Vida e na Mãe Terra, no Universo, na energia evolutiva e criativa. Minha intenção de vida é materializar em formas as informações que chegam do mundo invisível e energético, para vibrarem harmonia e abundância às pessoas, aos ambientes e à terra. Tenho especial talento para criar, ouvir a Terra e tudo o mais que nela vive, o que me faz também uma curadora. Tenho muitas habilidades criativas que me tornam uma mestra do fazer: escultora, designer, ceramista, joalheira e escritora. Tenho bom humor, sou carinhosa, direta, atenciosa e crítica. No meu currículo tenho varias exposições em galerias de artes no Brasil e no exterior. Desde 1981 me dedico ao projeto Circulo da Pedra Azul, recebido do mundo energético para falar da nova consciência na Terra. Escrevo livros, dou palestras, guio processos de auto conhecimento e workshops sobre Criação.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O eu mesmo



Para pensar precisamos do nosso corpo como um todo. 
Necessitamos de todas as informações que ele oferece e que o cérebro registra e cataloga, como as sensações físicas, o tato,  o sabor, a percepção de dia e noite e outras  informações tais como estudos e pesquisas sobre as mais diversas ciências. E outros tantos mais que acessamos e assimilamos e que pertencem  `a nossa cultura. Todas essas informações são registradas em nosso cérebro que é um formidável banco de dados e administrador do corpo físico.
Os quesitos imprescindíveis para o PENSAR são a intuição e em seguida o desejo, depois há a necessidade de uma harmonia energética ou um estado de paz e tranquilidade. Sem  isso não há possibilidade de existir um pensamento inteligente expansivo.
O pensamento inteligente expansivo vem diretamente de nossa fonte pessoal divina, o eu mesmo, e prescinde do nosso banco de dados para existir, pois que ele mesmo é uma fonte de informações e tem acesso aos dados.
Podemos encontrar pessoas sem acesso à escolaridade e todo tipo de dados que são muito intuitivas, amorosas e conscientes; e pessoas com muita cultura e formação sem consciência e sensibilidade. O que determina a consciência e a amorosidade de uma pessoa é o acesso à fonte pessoal divina, ao eu mesmo.
O pensamento consciente vem do eu mesmo e o nosso cérebro é apenas um banco de dados.
Pensamento desenvolvido é inteligência, inteligência expansiva é consciência, e consciência expansiva é a conexão com o eu mesmo, que por sua vez se conecta com a Consciência Cósmica.
Não é possível desenvolver a consciência sem alcançarmos o eu mesmo.
O eu mesmo são os nossos desejos mais profundos sobre nossa própria vida, a felicidade e o amor e onde encontramos o conhecimento e a informação para isso.
O eu mesmo  é nossa fonte criativa, a que acionamos no ato de criar.
O ato de criar nos coloca dentro desta fonte que por sua vez tem conexão direta e constante com a fonte da Criação Universal.
O eu mesmo  é o  nosso verdadeiro eu,  indivisível.

Pitá Yuerá

Nenhum comentário:

Postar um comentário